Como fazer a sua criatividade trabalhar para você? O guia não definitivo.

 

O que você vai ler aqui são 13 dicas para que a criatividade seja sua parceira de trabalho diária e para que você pare de correr atrás dela, finalmente. Por que o guia NÃO definitivo? Porque, quando se trata de criatividade, nada é definitivo! Ideias se complementam, se unem e se contradizem o tempo todo. Essa é a graça!

 

Trabalhar com a criatividade é um processo fácil para alguns e mais trabalhoso para outros, mas que demanda concentração e um certo ritual. Esse ritual, embora seja muito pessoal, pode ser ensinado, aprendido e customizado.

 

Seguem abaixo 13 dicas para fazer a sua criatividade trabalhar para você:

 

1. Tenha uma rotina: acorde, faça as suas refeições e comece a trabalhar sempre no mesmo horário, mesmo que seja às 22h da noite.

 

Há quem diga que criatividade não combina com rotina. Mas eu acredito que, sem rotina, a criatividade vem quando quer. E é isso que nos deixa tão aflitos sem saber quando ela virá e quando iremos produzir, afinal. Eu, particularmente, prefiro a rotina para trabalhar com criatividade, assim, ela vai se adaptando ao meu ritmo e vai funcionando quando eu quero e não o contrário.

 

2. Trabalhe no horário em que você é mais criativo. Não adianta nada tentar escrever ou produzir nos horários em que você sabe que não vai sair nada. Deixe os períodos de menos rendimento para as tarefas mais burocráticas, para pesquisar, estudar e ler artigos e notícias, por exemplo.

 

3. Oxigene seu cérebro sempre que puder. Faça exercícios, viaje, se dê intervalos, assista a filmes, leia, converse com pessoas de diferentes áreas de atuação, ria de si mesmo, ponha mais música na sua vida, mude o caminho do trabalho para casa de vez em quando;

 

4. Não abuse da memória. Sempre que tiramos alguma tarefa da cabeça e passamos para o papel ou para a agenda, abrimos novos espaços para que possamos absorver novos conhecimentos mais facilmente.

 

5. Não abra mão de alimentos que te despertem, mesmo que sejam “politicamente incorretos”. Procure manter uma alimentação saudável no dia a dia, mas, de vez em quando, um chocolate ou um energético não vão te matar. E você terá o gás que você precisa para aquela tarefa importante.

 

6. Não tenha preconceitos quando às fontes de inspiração e informação. Se para você, ver novelas, Big Brother, programas sensacionalistas, filmes, livros e músicas não tão queridos pelos críticos ativa a sua criatividade, continue bebendo dessas fontes, sem dar satisfação a ninguém. Afinal, a chamada “cultura inútil” pode não ser tão inútil assim.

 

7. Faça um brainstorming (tempestade de ideias) com você mesmo. Essa é uma das práticas mais famosas para ativar a criatividade em grupo, mas ela pode funcionar também individualmente. O importante é anotar todas as ideias, SEM CENSURA. Um conceito pode levar a outros e render muitas histórias e conteúdos. Não desperdice nada!

 

8. Brinque com jogos lúdicos. Tenho os meus jogos preferidos, mas existem vários disponíveis no mercado para você escolher. Confesso que jogo bem menos do que eu gostaria, mas sempre que jogo, as experiências são inesquecíveis! As minhas dicas são: Imagem & Ação e Perfil.

 

O mais bacana desses jogos é que eles nos tiram da nossa zona de conforto, nos expõem e nos fazem voltar a ser aquelas crianças criativas e cheias de imaginação que fomos um dia. Uma delícia!

 

9. Desafie os limites da sua criatividade. Um dia, quando eu jogava Imagem & Ação com uma turma de amigos, assisti a uma prática que nunca mais saiu da minha cabeça. A proposta deles era ir além das dicas normais para o grupo adivinhar do que se tratava a carta.

 

Aí eles falavam: “Out of your mind” para que a pessoa que estava fazendo a mímica e os outros pudessem ir além dos limites, saírem da caixa, deixando a tarefa cada vez mais desafiadora. Achei o máximo!

 

10. Mantenha a saúde do ambiente em que você está.

 

. Deixe as suas coisas organizadas e limpas, independentemente do local onde você trabalha (todos são responsáveis por isso, não somente o encarregado da limpeza).

 

. Cuide também do humor, do seu e o dos outros. Ele pode ser contagiante, positivamente ou negativamente. Cuidado!

. Mantenha o ambiente sempre bem arejado e iluminado.

 

. Escolha cores adequadas para o ambiente, de acordo com o objetivo e as atividades que serão exercidas no local.

 

. Mantenha sempre a leveza e relações de amizade e parceria. Ambientes muito competitivos e pesados dificultam que a criatividade apareça. Muita pressão também não ajuda no processo.

 

11. Controle o descontrole. A criatividade é descontrolada, pelo menos a minha é. Ela costuma não pedir licença.

 

Por exemplo, eu tenho uma planilha onde coloco os títulos dos artigos e, na linha de baixo, escrevo as ideias principais. Quase sempre, começo a escrever ali mesmo, na planilha, o texto todo.

 

Aí aceito o fato e vou escrevendo até ela ficar mais controlada e aceitar mudar de lugar. Se eu parasse no meio do processo, talvez ela me deixasse na mão. Prefiro não correr o risco.

 

Outra dica é permitir que ideias separadas se juntem em um único texto. Acontece muito de termos ideias aleatórias e pensarmos que todas elas serão as protagonistas de artigos diferentes. O fato é que nem todas têm força para isso, mas, juntas, elas podem compor uma rica história.

 

Então, quando você escolher o tema para o seu artigo, veja quais ideias anotadas combinam com o assunto e junte estrategicamente cada uma delas para embasar seu tema central.

 

12. Pratique a curiosidade. Se você não é uma pessoa curiosa por natureza, pratique assim mesmo. Procure saber mais sobre o trabalho dos seus amigos e parentes; quando surgir algum assunto desconhecido pra você, pesquise um pouco sobre ele; leia sobre temas que não fazem parte do seu trabalho e da sua rotina.

 

13. Dê o play para o seu cérebro. Quando você começa a usar a criatividade com uma certa frequência, você avisa o seu cérebro que o processo iniciou e que vai continuar. Aí, a sua cabeça se abre para novas informações como uma esponja e passa a usá-las estrategicamente para criar coisas novas.

 

Mesmo quando você estiver descansando, nos momentos de lazer, a sua cabeça vai estar trabalhando como uma maquininha. O desafio, com o tempo, vai ser o de controlar esse excesso de produção. Mas esse é um problema bom, na minha opinião.

 

Para finalizar, acredite que você é criativo e lute contra pensamentos sabotadores, com todas as suas armas, forças e palavras!

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

BELEZA
CASAMENTO
CONTABILIDADE
DECORAÇÃO
EMPREENDEDORISMO
INDÚSTRIA
Mostrar Mais

Copyright© 2017 RedaçãoWeb

 (51) 99240.1288

 oficialredacaoweb