“Só estou por sexta-feira!”

Quantas vezes já escutamos nossos colegas falando essa frase? Pois é, pode ser uma brincadeira, mas quando o profissional já inicia a semana pensando no final dela, é porque algo não vai bem.

 

As razões podem ser inúmeras: ou ele não está fazendo o que gosta e não sai do emprego até ter outro na manga; ou ele se acomodou e só está esperando a aposentadoria, o que hoje não é muito comum; ou ele está procurando outro emprego e, enquanto não aparece, vai ficando onde está, e isso é muito comum, infelizmente.

 

Uma parte desses “ou” é de responsabilidade do profissional, que deveria ser movido pela paixão e pelo desafio e não somente pelo salário (claro que sabemos que não é assim tão fácil na prática, afinal, todos têm contas a pagar mês sim, mês também).

 

A outra parte desses “ou” é de responsabilidade da empresa, que, ou não estipula metas desafiadoras; ou as estipula, mas não cobra os resultados; ou não oferece um ambiente saudável e estimulante de trabalho; ou inibe a criatividade e forma um exército de funcionários robôs (o que, inacreditavelmente, ainda se vê em algumas empresas, com data marcada para quebrarem); ou acha que faz Endomarketing com avisos no mural e editando o jornalzinho interno mensalmente (isso basta?).

 

Ninguém está falando que os colaboradores devem esperar ansiosamente pela segunda-feira. Só é bom avaliar até que ponto você, como administrador, empresário ou gestor, pode contribuir para que a sexta-feira não seja o melhor dia da semana na sua empresa.

 

Vale à pena a tentativa!

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

BELEZA
CASAMENTO
CONTABILIDADE
DECORAÇÃO
EMPREENDEDORISMO
INDÚSTRIA
Mostrar Mais

Copyright© 2017 RedaçãoWeb

 (51) 99240.1288

 oficialredacaoweb